Sociedade dos Poetas Mortos - Empreendedorismo e Morte

Artigo

por Alex Moraes

publicado em: 16/08/2014

Morreu Robin Williams. Revi um filme dele que gosto bastante, Sociedade dos Poetas Mortos. Eu já o tinha visto algumas vezes, mas meu atual envolvimento com Marketing de Conteúdo e Empreendedorismo Digital me fez vê-lo com outros olhos. O filme tem mensagens fortes e deveria fazer parte da coleção de qualquer empreendedor.

Eu particularmente gostava muito do ator e fiquei mais triste ainda pela forma como ele se foi. A depressão é a mais incompreendida das doenças e é contagiosa, maltrata tanto quem sofre dela, quanto quem o cerca. Bem, não quero focar na morte de quem merece ser lembrado pela vida. Quando alguém se vai, ainda mais de forma tão dolorosa, pensamos na nossa vida. Seremos lembrados pelo que fizemos? Deixaremos um legado? É claro que ser bom pai, bom filho, bom marido, bom amigo, enfim ser uma boa pessoa será sempre a preocupação principal.

Quero mudar vidas, inclusive de quem eu nunca terei a chance de conhecer.

Agora, quem tem espírito empreendedor tem uma preocupação a mais, atingir pessoas além do nosso alcance direto. E empreender pode ser tanto alfabetizar uma pessoa como montar um negócio. Empreendedores queremos que os outros se lembrem de nós não só pelo que fomos, mas também pelo que fizemos. Eu quero impactar pessoas de uma forma positiva, além do meu círculo de relações; quero mudar vidas, inclusive de quem eu nunca terei a chance de conhecer.

E como fazer isso? O filme tem muitas mensagens, mas 2 são primordiais. Veja ou reveja o filme e diga se concorda comigo:

  • Desatrele empreender de ter sucesso. Sucesso é uma medida medíocre para algo tão valioso. Qual o valor de mudar uma vida, mesmo que apenas a sua? Sucesso é tornar um sonho em ação. O que vem depois disso é muito pequeno, desprezível em ordem de grandeza. Realização pessoal não se mede em moeda.
  • Viva a sua vida e sonhe o seu sonho. Sonhos terceirizados não trazem felicidade, nem quando se tornam realidade.

Vamos a algumas frases do filme, a maioria delas de grandes escritores e poetas da língua inglesa.

“Palavras e ideias podem mudar o mundo.”

Quando você sente que tem uma mensagem, começa a achar que pode mudar o rumo das coisas. Empreendedores pensam e devem pensar que podem mudar o mundo. Sua ideia só vale a pena se se tornar conteúdo de mudança, de inspiração.

“A raça humana está cheia de paixão.”

Paixão é mais que um sentimento, é o alimento da mudança, da ação. Se você é realmente apaixonado pelo que faz, você sempre servirá de modelo, pelo menos para outros apaixonados.

“Você está aqui e isso é importante. Exista!”

Disponha-se a viver, aqui, no sentido de empreender. Deixe sua marca. O empreendedor morre quando se torna um acomodado, mas ele é eterno se pelo menos uma vida for mudada pelo seu sonho - mesmo que seja sua própria vida.

“Você deve encontrar a sua própria voz, e quanto mais tempo demorar, menos chance terá de encontrá-la.”

O tempo passa e apaga as paixões, mas isso tem menos a ver com o tempo de existência e mais com tempo de inação. Para você, cada dia é um dia a menos ou um dia a mais?

E três mensagens deviam fazer parte do hino do empreendedor:

“É difícil manter suas próprias convicções. Elas são únicas, mas ainda mais importante, elas são suas”.

É muito difícil ter algo realmente seu. Seu ponto de vista, a sua paixão e o seu sonho são apenas seus e você tem a obrigação de impedir que alguém tente tirar isso de você. Seja egoísta nas suas convicções e altruísta nas suas ações.

“A vida, a poderosa peça, está aqui e você pode escrever um verso."

A vida é uma obra inacabada, sempre é tempo de escrever a sua mensagem no livro da vida.

"Eu queria viver profundamente e sugar toda a essência da vida. Colocar para fora tudo que não fosse vida. Para que quando eu morresse não descobrisse que não vivi."

Pouco a acrescentar aqui... Sonhe, viva e aja. A ação é o conteúdo da vida.

Você pode até não conseguir, mas tem a obrigação de tentar. Você só será lembrado pelo que fez, nunca pelo que deixou de fazer. E o que você faz transcende a vida.

Carpe Diem. Seize the day. Aproveite o dia.

Gosto muito do trabalho de Pedro Quintanilha e Marcos Eduardo, no Mentalidade Empreendedora. Se você tem interesse em empreendedorismo, digital ou não, vale a pena acompanhá-los.

E você, o que acha? Se gostou, por favor comente e compartilhe! Não gostou? Discuta e ajude-nos a aprimorar nosso trabalho.

Siga-nos no Facebook  ou cadastre-se para ser informado da publicação de novos artigos.

Participe, também, do grupo de discussão da MarketingDigital.com.br no Linkedin . O grupo é aberto e todos podem publicar conteúdo de marketing digital (exceto anúncios).


Alex Moraes é especialista em Marketing Digital, escritor e palestrante. É responsável pelo conteúdo, cursos e eventos da MarketingDigital.com.br, além do canal no Youtube, grupo no LinkedIn, página no Facebook e perfil no Twitter.