10 Vantagens de Manter Equipes Virtuais de Trabalho ou Como o Teletrabalho Pode Ajudar Seu Negócio

Artigo

por Alex Moraes (adaptação de artigo de Rob Rawson)

publicado em: 27/05/2013

O trabalho remoto pode reduzir seu custo com mão de obra em pelo menos 40% e ainda aumentar sua produtividade. Vamos discutir o assunto teletrabalho, com uma série de artigos e infográficos exatamente quando Yahoo e a gigante americana dos eletro-eletrônicos Best Buy decidem cortar o teletrabalho em suas empresas.

Esse artigo é o primeiro de uma série de 4.

Uma vez eu tive um escritório... Costumava visitá-lo de tempos em tempos para checar como as coisas estavam andando. Parecia a maneira certa de conduzir uma empresa. Toda empresa séria tem um escritório, não é mesmo? Ou será realmente possível gerenciar uma equipe de trabalho e um negócio virtualmente?

O mundo está mudando e o escritório é um conceito do século XX pronto para sofrer um processo de ruptura.

Se o seu negócio ainda estiver na fase de planejamento ou mesmo já estabelecido, seria interessante você considerar empregar alguns profissionais remotamente, mesmo que para teste. Principalmente se o seu negócio for online, o teletrabalho é uma opção a ser considerada.

Abaixo, listamos 10 vantagens de equipes de trabalho virtuais:

  1. Economia dos custos de escritório
    Essa é meio óbvia, mas você já pensou em economizar praticamente 100% em contas de luz, telefone, aluguel, condomínio, internet, IPTU, limpeza e tantas outras que um escritório tem? Só por essa economia, já seria um bom negócio, mas ainda tem o corte de custos com equipamentos, móveis e muito mais.
  2. Maior acesso a talentos
    O programador dos seus dos seus sonhos pode estar a milhares de quilômetros. Se você só pode empregar pessoas na sua região você está restringindo drasticamente seu acesso a pessoas de talento. E, pela economia de se manter uma equipe virtual, você ainda pode pagar mais para ter funcionários ainda mais qualificados. Poder contratar pessoas em qualquer lugar e pagar mais por seu trabalho aumenta drasticamente o nível de talento com que você pode contar.
  3. Redução da perda de bons funcionários
    Muitas pessoas prefeririam trabalhar em suas casas. Quando você lhes dá essa possibilidade, aumenta muito a chance de conseguir auxiliares leais, que ficarão com você por muito tempo.
  4. Custos menores por empregado
    Você pode ter acesso a pessoas de cidades e até países em que há ótimos talentos e o custo de vida é muito menor (e consequentemente o custo da mão-de-obra).
  5. Menos reuniões
    Reuniões improdutivas são uma praga que assola os escritórios, diminuindo a produtividade. Livre-se do escritório e você se livra das reuniões intermináveis. A capacidade de reunir continua disponível, via Skype, Google Hangouts e outros, mas a tentação de tornar essas reuniões maiores ou mais frequentes que o necessário tende a diminuir. Vai uma dica dentro da dica. Reúna-se virtualmente sem vídeo, isso inviabiliza os comentários sobre cortes de cabelo, cara de sono... e ainda é possível aquela zoada básica quando seu time ganhar, desde que rápida.
  6. Aumento da disponibilidade de tempo do funcionário pela eliminação dos deslocamentos
    Quem mora em cidades com maior tráfego sabe o que pode representar o simples ir e vir ao/do trabalho. Trabalhar em casa aumenta a disponibilidade de tempo para trabalho, diminui o stress e ainda ajuda a preservar o meio ambiente.
  7. Aumento da produtividade
    Engana-se quem pensa que se perde o controle sobre o trabalho ao se ter uma equipe remota. A produtividade aumenta significativamente ao se eliminarem as distrações do escritório, o deslocamento para e do trabalho e também pela simples flexibilização do horário de trabalho. Um estudo recente da Universidade de Stanford mostrou um aumento de 13% da produtividade de funcionários que trabalham remotamente.
  8. Aumento do seu alcance
    Ao contratar pessoas de outras localidades, você pode abrir novas frentes de negócio e conquistar outros mercados. Por que não fazer de seu funcionário remoto um representante de seu negócio? Isso poderia corresponder a abrir uma filial sem maiores investimentos.
  9. Expediente de 24 horas
    Com uma equipe global você pode operar seu negócio 24 horas por dia, com turnos em diferentes países. Isso poderia diminuir o tempo de entrega de sues trabalhos e, consequentemente, aumentar sua capacidade de atender novos clientes.
  10. Flexibilidade do tamanho de sua equipe
    Com uma equipe virtual, você pode muito mais facilmente aumentar ou diminuir sua equipe, para atender situações específicas, do que se seu negócio for fixo em um escritório.

O escritor desse artigo é nosso parceiro de negócios Rob Rawson, australiano, que dirige dois negócios: a empresa Staff.com, uma plataforma de recrutamento online para trabalho remoto e o software TimeDoctor, que controla o tempo efetivamente trabalhado por teletrabalhadores, aumentando sua produtividade. Com esse software, você acompanha o trabalho de sua equipe remota, sabendo exatamente em que e quanto tempo cada funcionário trabalhou efetivamente, mesmo que eles estejam a milhares de quilômetros de distância. Falaremos mais dessas possibilidades nos próximos artigos.

A possibilidade de teletrabalho se encaixa perfeitamente com os negócios online, mas também há dificuldades. Grandes empresas têm partido no caminho inverso. Nos próximos artigos discutiremos os possíveis problemas e formas de resolvê-los.

O Yahoo cortou o teletrabalho, assim como a Best Buy.

O Yahoo cortou o teletrabalho, assim como a Best Buy. E você, o que acha? Por favor, comente!

A Sobratt, Sociedade Brasileira de Teletrabalho e Teleatividades promove o trabalho a distância no Brasil.

Siga-nos no Facebook ou cadastre-se para ser informado de nossas publicações.

Republicação autorizada pelo autor, sem alterações, com link para http://www.marketingdigital.com.br no formato:

Fonte: MarketingDigital.com.br 


Alex Moraes é especialista em Marketing Digital, escritor e palestrante. É responsável pelo conteúdo, cursos e eventos da MarketingDigital.com.br, além do canal no Youtube, grupo no LinkedIn, página no Facebook e perfil no Twitter.